domingo, 13 de novembro de 2011

Um bom escritor escreve de tudo certo?
Acho que não sou uma boa escritora.
Comecei um livro, depois comecei outro e agora um terceiro, mas todos falam sobre uma coisa. Minha vida em pontos diferentes, mais a intenção não era escrever sobre minha vida e sim criar algo novo. Eu nã tô conseguindo.
Bloqueio criativo...ta foda!

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Panquecas de sentar

Panquecas de sentar

Elas não representam exatamente o significado de "comfort food", mas dependendo do ponto de vista estas panquecas se encaixam direitinho na categoria. As divertidas peças são criação deTodd von Bastiaans com colaboração de Bryan McCarthy. Embora aparentemente simples, seu desenvolvimento envolveu bastante pesquisa e trabalho. Eles "testaram" panquecas de inúmeros restaurantes de Las Vegas, como Jerry's Nugget, Du-Par's, IHOP, entre outros, até decidirem-se pelo Blueberry Hill. Foi no visual das famosas panquecas caseiras que as suas "almofadas-pufes-panquecas" se basearam.
Depois de fotografadas, as gostosuras tiveram suas imagens reproduzidas digitalmente em tecido. São diversos modelos que após receberem o confortável enchimento viscoelástico (ou espuma de memória), tornam-se réplicas exatas de grandes panquecas. Diferente das versões originais porém, estas panquequinhas não são nada baratas e custam entre 600 e 750 dólares a unidade! Existe a possibilidade de formatos maiores e nacos de "manteiga" para deixar ainda mais divertida a brincadeira. "Saborosamente legaus"!

Vi estÁ rEPORTAGEM NESTE sITE:

O BEM LEGAUS É FEITO POR

Minha foto
montejorge@gmail.com


AMEI E ESTOU REPASSANDO POR QUE ME LEMBROU MUITO MINHA PRIMA PETIT

domingo, 25 de setembro de 2011

The Secret

Estou apaixona, apaixonada por mim.
Acho que a muito tempo não ficava assim, cada dia descubro algo em mim que posso e quero mudar.
A anos atrás me apresentaram um vídeo que abriu a minha mente, e me mostrou possibilidades infinitas, mas depois de algum tempo acabei por esquecer o que aprendi. 
Agora coloquei de novo estas lições em pauta, e procuro aprender todo dia um pouco mais sobre eu mesma, minhas necessidades, e o que eu quero.
Algumas pessoas quiseram fazer deste aprendizado uma religião, não se dando conta que elas estavam se prendendo, ou se escondendo no seu velho mundo, estabelecendo assim os mesmos parâmetros de antes e não saindo de sua zona de conforto. Uma pena, uma pena mesmo!
Eu, por outro lado, fui para o outra caminho, um pouco tortuoso, sim, mas , sei bem que foi por opção minha.
O que pode mudar de fato nossa existência?
O que pode de fato nos transformar?
Só nós mesmos, esta tarefa não está nas mãos de ninguém apenas na nossa.

Hoje me olha com mais interesse, penso no que faço e no que eu realmente gosto.
Alguns dirão que não trabalham no que amam por que tem responsabilidades, e está  foi empurrando para aquele lado. Será que nossas escolhas não é fruto de nossa covardia?
Será que o medo de falhar em algo que se ama muito, não nós põe medo e acabamos nos frustrando em outros trabalhos, apenas para não nos magoar?
Sinto que o que sei de fato fazer é sentir....este é o meu melhor trabalho, sei fazer isto tão bem, sentir ´meu verdadeiro trabalho....ele está voltado para a emoção, para o passar emoção as pessoas, é isso que quero fazer.
Alguns dirão:
- Você é louca?
E eu responderei:
- Não, eu não sou louca, louco é aquele que passa uma vida inteira querendo ser algo, mas nunca tem coragem de mudar, e assim passa sua existência em um infindável tormento, um fantasma de si mesmo.

Para ser feliz basta querer, para ser feliz basta ir atrás do que se ama, abrir as portas e aceitar a felicidade, se achar merecedor dela, não duvidar dela, mas abraça-la sem exitar.
Quando se tem a coragem de mudar, nossa estado de espírito, apesar de medo (que eu sei que bate), as realização, a alegria toma conta do seu corpo, como uma adrenalina. A parir daí, toda vez que sentir esta sensação iremos querer mais dela, este estado de espirito deve permanecer, não dê ouvidos aos reprimidos, não dê ouvidos aos medrosos, persista na alegria e na felicidade, esta sensação é uma corrente, um imã, e se você persistir nesta sintonia, nada, eu digo, nada pode dar errado.

Móveis Coloniais de Acaju

Hoje não vou escrever, hoje vou fazer Ctrl +C e Ctrl+V.
Faço dela minhas palavras, pois a blogueira Petit Li fez um ótimo trabalho falando desta banda incrível...

Móveis Coloniais de Acaju

Talento+ Irreverência+ Musicalidade= Móveis Coloniais de Acaju!


Tá, Maio Musical já aconteceu faz um tempinho, mas sempre é válido falar de super- artistas e de super-eventos... Bom, e é com certa relutância que DEVO elogiar as conquistas culturais de Indaiatuba, cidade essa que eu vivia desdenhando, e que ao meu ver é cheia de mil e um defeitos, mas com uma inegável capacidade de trazer eventos culturais de causar invejinha em qualquer Secretaria da Cultura. =B
Móveis Coloniais de Acaju foi só um exemplo da diversidade que a cidade recebeu, que contou ainda com 14 Bis, Quarteto em Cy, Orquestra da cidade e filmes musicais.

Mas hj quero falar dessa banda que é mais do que uma galera que gosta de tocar e se divertir, os caras são artistas completos! Da produção dos shows ao repertório, da criação de um festival de música, empreendimento e cultura à confecção das camisetas iradas da banda. Mais que músicos, os caras são designers, poetas, publicitário e tem até biólogos!! ( e eu que pensava que só eu era doida pra mudar tão radicalmente de área, rs).

As fotos abaixo são de péssima resolução mas são legais no sentido de "Eu estava lá... e foi Maaaassa!!!"

Os caras tem uma energia e presença de palco que conseguiu levantar, todo mundo, eu disse todo mundo da cadeira!!! E eu estou falando do público mais azedo e apático da face da Terra, que é o de Indaiatuba, kkk, exageros à parte, quem já foi à algum show lá sabe do q eu tô falando, já senti vergonha alheia (vergonha pelos artistas q esperam a resposta q não vem) em muito evento em que o público simplesmente não reage, e não é porque não gosta não, o povo é travado, sei lá, têm medo de que com qualquer ação possa ser motivo de manchete nos pobres jornalecos da socialite. Maaas, não foi pra falar bem ou mal de Indaiá q comecei o post, e sim pra falar dessa banda homérica, aliás mais que uma banda, eles são um projeto inteiro de cultura, entretenimento!


Pra começar, os instrumentos, além dos já pré-estabelecidos guitarra, baixo e bateria, eles contam com a sonoridade da gaita, trompete, flauta, escaleta, sax... e como não falar da formação? São nove caras, além do produtor, que respiram música e arte. Infelizmente ou não, no dia do show que assisti, o vocalista André Gonzáles não pode ir pq sua esposa estava tendo bebe *-*, dae o vocal ficou por conta do flautista fofo Beto Mejía, e a festa foi completa e emocionante ;D qdo o produtor japa super cara de nerd Fabrício Ofugi veio com seu potente Ipad registrar o momento e todo mundo deu parabéns ao vivo pro mais novo paizão da banda. \o/

Contando um pouco da saga dos caras... Tudo começou daquele jeito despretensioso de fazer música de um jeito diferente... e quiçá alcançar sucesso e louros, foi em 98, e desde então a formação sofreu algumas alterações até estar como agora, com os já citados anteriormente e com: BC na guitarra, Eduardo Borém na gaita cromática, escaleta e teclados, Esdras Nogueira no sax barítono, Fábio Pedroza no baixo, Gabriel Coaracy na batera, Paulo Rogério sax tenor,Xande Bursztyn no trombone. Ufa! e talento que não acaba mais... =B A cidade natal dos Móveis, Brasília, onde tocaram por alguns anos, dos bailes de formatura à festivais dos mais óbvios aos mais peculiares. Mas foi no Festival da mesma Brasília,que em 2003, que ao abrirem o palco pra Live e Ultraje a Rigor que consagraram-se e perceberam que o lance ia dar certo.




O primeiro disco gravado na ano seguinte, Idem, com 12 faixas que mistura, como eles mesmos dizem "feijoada búlgara"o rock, ska, ritmos brasileiros e do leste europeu, uma miscelânea que sem dúvida deu certo, porque em 2005, ano de lançamento, foram desbravando novos horizontes e aprimorando suas performances nos shows, que aliás é FOOOODA! A partir dai ninguém segurava esses rapazes que em 2008 conquistaram também a Europa.

A sacada, o profissionalismo e a paixão deram fruto ao próprio festival da banda, o Móveis Convida, que já uniu feras como Los Hermanos e Patu Fu como as novas promessas como Brown-ha e Eletrodomesticks.

Bom pessoas, pra quem ainda não conhece, ou conhece pouco aprecie sem moderação alguns videos da galera dos Móveis e tornem-se fãs incondicionais, como eu! =P







Bom certo ou não, acabei linkando váaaarias partes do site deles, porque simplesmente é mto bom, mas quem quiser conhecer o conteúdo na integra:


sábado, 2 de julho de 2011

F:/ V:


F: O que você disse?

V: Nada....

F: Pensei que talvez você tenha...

V: Não, não disse.

F: Hum, e por a caso quer dizer?

V: Você está procurando respostas?

F: Sim, mas eu não as encontrei.

V: Percebo, e você quer saber se eu as tenho?

F: Não.

V: O que quer então?

F: Saber quem as inventou. As perguntas, sabe.

V: Por que isso te preocupa?

F: Por que estou a trinta anos procurando a resposta, a solução, a pessoa.

V: Tempo demais pensando, imaginando. O que você fez?

F: Segui sem nada, vez ou outra paro para verificar se achei algo, mas destes trintas anos, apenas duas vezes pensei ter encontrado alguma coisa, alias, apenas uma, a outra eu só queria acredita que tinha encontrado.

V: Ilusões não é? A tolice, ela está em toda parte, ela é o ar que respiramos. Não há o que encontrar, tudo que precisa fazer é acreditar.

F: Não, isto é ilusão, acreditar. Não posso acreditar se não vejo, não ouço, não sinto...

V: Ai está, sentir é a primeira coisa a fazer, mesmo que não exista nada. Está tudo dentro, interno, e o primeiro passo é sentir!

F: Eu estou doente, pois eu não sinto, não sinto nada!!!!

140 Caracteres

O mundo hoje são 140 Caracteres.

Porém nada de importante pode ser dito em 140 caracteres;

Nada de útil pode ser dito em 140 caracteres;

A vida fútil;

A vida sedentária;

A vida arrogante dos sabe tudo;

Sim, em 140 caracteres eu as vejo resumidas;

Só para dizer que sabe dizer;

Só para sentir que pode dizer sem nada para dizer;

O vazio dos 140....

domingo, 17 de abril de 2011

PROMETEU ACORRENTADO


HOJE É MAIS UMA DIA, MAIS UM DE TANTOS ANOS QUE SE FORAM
HOJE É MAIS UM DIA QUE PENSO EM VOCÊ
NÃO VEJO ALTERNATIVAS
OU PENSO OU CHORO NOVAMENTE
NÃO QUERO RELEMBRAR OS DIAS EM QUE APENAS CHORAVA
AQUELES DE AMARGURA POR VOCÊ TER PARTIDO
JÁ NÃO CONTO SEUS ANIVERSÁRIOS, APESAR DE LEMBRAR A DATA SEMPRE
COMO HOJE, COMO A UM ANO ATRÁS;
MAIS AI VEM ELAS...AQUELAS AO QUAL NÃO QUERIA
AS LÁGRIMAS SÃO UMA BÊNÇÃO, E UMA MALDIÇÃO
SINTO QUE PODEM ME AFOGA LITERALMENTE
PRECISO DEIXA-LAS IR
MAS DEVO AO MESMO TEMPO CONTROLA-LAS
POR QUE VOCÊ SE FOI, ELAS NUNCA MAIS DEIXARAM DE ROLAR
ELAS LAVAM ME COLO, E MEU NARIZ ESCORRE COMO UMA CRIANÇA CATARRENTA
É SÓ MAIS ASPECTO DA DOR
FAZ PARTE, POIS ELA É ASSIM VISCERAL
NOJENTA MESMO
TIRAR ALGUÉM DA NOSSA VIDA ASSIM É NOJENTO
ENTÃO NÃO HÁ OUTRA FORMA DE SE APRESENTAR QUANDO A DOR CHEGA
VOCÊ VIRA UM SER ABSOLUTAMENTE REPUGNANTE
O QUE HÁ DE SE FAZER
COM A CONVIVÊNCIA, DEPOIS DE TANTOS ANOS DE DOR
A GENTE APRENDE A CONTROLAR, PARA NÃO PARECER COM ISTO
COM NADA.
JÁ COLOQUEI MINHA ARMADURA
O ESCUDO ESTÁ AQUI EM MINHA MÃO
SÃO ELAS, AS PALAVRAS
VOMITO TODAS, DEPOIS AS COMO E REGURGITO
VIVO NESTA INTENSIDADE ABSURDA
DE 0 A 1000 NUM PISCAR DE OLHOS
NÃO POSSO AMA-LO MAIS QUE ISTO
NÃO POSSO MAIS ENTREGAR ATÉ O FIM DO POÇO
DEVO MASTIGAR CADA UMA DAS MINHAS DORES, DE MINHAS PALAVRAS, DE MINHAS LEMBRANÇAS
ENGOLIR TODAS A SECO
PASSAR POR CIMA DA VONTADE DE ME JOGAR NESTE MAR REVOLTO
PEÇO POR FAVOR
DEIXE ME IR
DEIXE ME IR
QUERO TAMBÉM LIBERTA-LO DESTA TERRÍVEL CORRENTE
QUE AMBOS CARREGAMOS AO PASSAR DESTES ANOS
SINTO-ME COMO PROMETEU
ACORRENTADA A ESTA PEDRA
AS FERIDAS ABRINDO NOVAMENTE, ANO APÓS ANO
QUEM AS ABRE?
A HISTÓRIA, O TEMPO, AS LEMBRANÇAS
OS ANIVERSÁRIOS....SÃO ELES SIM
OS ANIVERSÁRIOS
DEVO ESQUECE-LOS?
NÃO, JAMAIS PODERIA
DEVO APRENDER ANDA MUITO MAIS DO SEI HOJE
DEVO AMA-LO SEM ESTA DOR NÃO É MESMO?
DEVO ACEITAR A DERROTA
SINTO UMA PRESSÃO NOS OUVIDOS, PARECE QUE VÃO EXPLODIR
ESTA PALAVRA "a derrota"
VAMOS DEIXA-LA ASSIM MENOR
QUEM SABE UM DIA ELA SEJA INSIGNIFICANTE
POR ENQUANTO PRECISO ESCARRA-LA DE MEU PEITO
JUNTO DELA ESPERO QUE VENHA O SOFRIMENTO
A SAIR DO MEU PEITO
POSSO RECORDAR O ANTES
AQUELE ANTES DE EU VIVER ASSIM
AQUELE ANTES DE VOCÊ PARTIR
AQUELE, E SÓ AQUELE QUE DEVERIA EXISTIR EM MIM
MAIS UM ANO, SIM MAIS UM
VOU APRENDENDO
PROMETO MEU PROMETEU,
PROMETO!!!