sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Diz para ele : Você é meu!



Ontem fui a uma baladinha aqui em Indaiatuba.
Conheci dois carinhas muito bacanas de Itu, minha prima acabou ficando com um deles....Bom pra ela, pois ele era gatinho...mais estávamos na mesa, eu , minhas duas primas e estes dois rapazes...o que passa na cabeça das pessoas???? Claro alguém vai sobrar.
O engraçado é que, não necessariamente alguém tem de ficar com alguém....Bom, minha prima que estava "sobrando" tava de mau humor danado...digo que ela tava sobrando por que quem é que iria se atrever a paquerar ela ,quem se atrevesse teria de enfrentar olhares de fúria e um bico quilométrico, mais isto não quer dizer que eu não estava também "sobrando".
Fato: Este rapaz que estava na mesa comigo nem me dava moral, mais acho eu que ele nem precisava, pois eu estava me divertindo muito à custa deles dois, pois ambos eram hilários.
Quase no final da noite, o seu amigo vira pra mim e solta a bendita frase:
-Vai lá e fica com ele;
Diz pra ele : Você é meu, ele não vai te recusar!
Caralhooooooooooooooooooooooo!!!!
Dez segundos mais tarde, depois de eu me recompor pude responder que eu era uma mulher do tipo "velha", que gosta das coisas as antigas... Tipo, o cara chega às meninas... Outra frase do lindo:
-Mais hoje as mulheres são modernas, tem que fazer assim, não tem nada demais.
Bom eu concordo que não há nada demais mesmo, mas este não é meu gênero.
Nós mulheres estamos tão modernas, tão modernas, que ás vezes acho que ficamos perdidas.
Eu já fiz o tipo, vou lá e que se lasque, não vejo mal nisso, mas às vezes é bom ver o rapaz chegar pra conversar com você, eu to meio cansada de fazer o papel de mulher moderna.
Se de fato se o rapaz quisesse ficar com esta que os escreve, concerteza ele teria chego a mim... Afinal estávamos a alguns centímetros de distancia.
Realmente ele era um rapaz muito bonito, destes que a gente fica babando, mais, quer saber? Eu não quero servir de consolo pra quem ta terminando a noite sozinho, e além do mais, talvez eu forçasse uma barra.
Eu, Fernanda, tenho tantas qualidades boas, e não acho justo de maneira nenhuma virar ultima opção.
Quantas vezes eu já me recusei a fazer isto, e tantas outras que viram, mas eu me valorizo como pessoa.
Eu não julgo se é certo ou errado para os outros, eu sei que não é certo para mim.
Talvez eu não tenha ganho na loteria da beleza, não sou tão afortunada, mais eu sou bonita, tenho meu estilo próprio, sou inteligente e carismática, sou companheira, amiga e engraçada, e sem falsa modéstia...eu me amo muito...não quero ter de terminar a noite beijando na boca sem nem ter o que conversar com a pessoa que eu to; Daqueles tipos que só beija por que não tem o que conversar...ai beija de novo.
Meninas, ser moderna é também se dar o valor...afinal não a nada mais antigo do que se desvalorizar, era isto que as mulheres antes faziam, se diminuíam perante o homem. De uma outra maneira acho que é isso que muitas de nós ao aceitar certas "certas coisas modernas" estamos fazendo.
Acho que não é por maldade que as pessoas fazem isto, é só para não terminar a noite só. Bom eu terminei a noite solteira, porem não sozinha.
Espero poder encontra os meninos de Itu muitas vezes ainda, mais do que beijos na boca, às vezes a diversão é melhor companheira.

Ps: Todas as vezes que eu quis ser uma mulher moderna demais...lasquei-me legal.
Já pedi um rapaz em namoro pelo MSN (recusada a proposta)
Já pedi um beijo na boca e fui recusada (again)
Já dei carona pra um cara (pois ele pediu) ele achou que eu ia pra cama com ele. (Meu Deus, o que as pessoas fizeram com a comunicação?)
QUE FIQUE BEM CLARO, SER MODERNA PRA MIM (EU, E EU E SOMENTE EU) NÃO DA CERTO, POREM PODE DAR CERTO COM OUTRAS MULHERES OK!

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Mensagens de Amor!!!!!!!!!


Como diria Álvaro de Campos, "Todas as cartas de amor são ridículas"....Sim meu poeta , elas são mesmo.


Momento cruel...mas realista...



Eu estava reparando as mensagens que as pessoas põe no msn, estão que são curtinhas e estão ao lado do nome ou email, e elas a maioria das vezes são sobre amor, e claro são ridículas. E é engraçado, por que se nós formos pensar, todas as mensagens, cartas etc de amor são ridículas...ok salvo algumas coisas.

Mas, este versinhos de butiquim, estas mensagens, são tão pobres, e tão claras ao mesmo tempo.

Acho que quando a gente fala de amor nosso intelecto fica de fora...peraí...não quero dizer que nós ficamos burros, apesar de muitas vezes nós todos ficarmos....afinal quem nunca fez uma loucura por que achou que estava amando loucamente...aff...se alguém dizer que nunca fez, é por que é muito tonto...hahaha...por que pessoal, vamos combinar, perder a estribeira por alguém é uma aventura que todos nós temos que viver certo?

Bom voltando as mensagens de amor de butiquim e sobre nosso intelecto.


Teoria!!!!!


Eu acredito que as mensagens de amor são tão ridículas, por que realmente não usamos nosso lado cultural (intelectual) para fazê-las, e sim usamos os sentimentos.

Pode repara que toda vez que nos levamos pela sentimentalidade as pessoas nós acham bocós.

É verdade, pode perceber que hoje em dia, alias , sempre foi assim, os românticos são sempre uma turma sem chão, os poetas são boêmios perdidos como cachorros vira latas...bebados chorões.

E falar sobre aquilo que vai ao nosso coração (brega né), pois é , é brega.

Muito mais cult é não se deixar levar pelos sentimento, ser racional e realista, afinal quem é que acredita em contos de fadas não é mesmo!

Bom deixa eu dizer....EU ACREDITO!

Ta é claro que tem coisas que realmente são péssimas, tipo, letra de pagode...aff...é uma pobreza só.

Mais a real é que quando nós expomos nosso sentimento aos outros, as pessoas pensam que somos fracos, pensam que nós somos frágeis, e na verdade é que tem que ter muita coragem neste mundo para amar sem ter vergonha de amar.

Letrinhas pobres a parte (que são muitas por ai, alias incontáveis) tipo:

"Amor começa com um sorriso Cresce com um beijo e acaba com uma lágrima."

Please!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! What hell?????

Que troço dos inferno é esse?????????

Pode para tudo....por mais ridícula que eu possa ser no amor, se alguém me manda um recado deste, ou me diz uma coisa destas...juro...eu juro...eu mando o mundo parar tudooooooooooo!

Falo pro cabra...amigo...desce, desce que isto não lhe pertence mais...

Bom, surtos a parte, se por outro lado eu receber isto:



Álvaro de Campos


Todas as cartas de amor são Ridículas

Não seriam cartas de amor se não fossem Ridículas

Também escrevi em meu tempo cartas de amor

Como as outras,

Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,

Têm de ser

Ridículas.

Mas, afinal,

Só as criaturas que nunca escreveram

Cartas de amor

É que são

Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia

Sem dar por isso

Cartas de amor

Ridículas.
A verdade é que hoje

As minhas memórias

Dessas cartas de amor

É que são

Ridículas.
(Todas as palavras esdrúxulas,

Como os sentimentos esdrúxulos,

São naturalmente

Ridículas.)


Certamente eu iria gostar de uma carta de amor ridícula, ainda mais sabendo que meu amado tem cultura suficiente para ler Álvaro de Campos.

Aí ele poderia vir até de cavalo branco.... afinal não tem nada de mal em ser ridícula!


sexta-feira, 10 de agosto de 2007


Tenho a impressão de que a vida é um sonho.

Muitas vezes sou eu quem estou sonhando, e muitas outras estou no sonho de alguém.

Acho até que a vida na verdade é um jogo, um jogo que não vem com as instruções, e você aprende a jogar na raça. Estranho não. O jogo que você, eu , e todos nós jogamos.

Este jogo não tem regras, não tem certo, não tem errado, e existem vários caminhos a seguir.

Neste jogo não se ganha, não se perde, apenas se aprende a jogar.

Posso dizer que a vida é um teatro também.

Qual o seu papel nesta peça,só você pode definir. Você é uma vitima, você é um derrotado, você é um vilão, um vencedor, um erudita?

Sabe, as vezes nós passamos por varios papéis na vida, até se enquadrar em um que realmente represente quem nós gostaríamos de ser, mas nunca quem realmente somos.

Ou você acredita que você ode responder quem você é?

Você realmente acredita que pode responder a pergunta do orkut? Quem sou eu?

Nós todos somos experiências que vivemos, dias, noites, brigas, conquistas....cada um vai encarar estas coisas de um jeito.

A história que eu vivi com minha irmã terá duas versões, a minha e a dela, e cada uma de nós levaremos esta experiência para nossas vidas de uma forma diferente, eu farei um papel, ela fará outro, e daqui algum tempo, quando falarmos desta experiência, ela já terá outra forma, pois o passado muda conforme o que a gente lembra, e claro acrescenta.

Vocês nunca perceberam que ao contar uma historia do passado, a gente lembra dela como uma verdade absoluta, mais que é absolutamente diferente do que ocorreu na época.

Sim, quando contamos uma história nossa, ela vem com coisas, e fraguimentos de outras histórias, que nosso cérebro mistura tudo...por isso minha historia vivida com minha irmã, sairá de um jeito pra mim, e de outro para ela.

Eu sei quais papéis representei. Sei de quais consegui por um fim, terminar, mas enquanto estamos vivendo um determinada papel nesta vida, não sabemos qual é.

Sei que já me vesti de vitima, e toda dor do mundo me pertencia, e todos tinham que entender minha dor, e eu deveria sempre falar dela, para que todos vissem que a minha personagem era a vitima.

Já fui a amargurada, a apaixonada, a Amélia, a criança.

Não me perguntem agora quem eu sou, pois eu não posso definir neste momento.

Mas sei que a vida é um´palco, e que no fim, todos queremos ser heróis e heroínas.

Eu sei que quero ser heroína, mesmo que não daquelas tradicionais, mas a minha maneira, acho que estou caminhando para o meu final feliz...para sempre..hahahha.

Como toda heroína precisa de um bom exemplo...(melhor que seja em casa mesmo) eu também tenho meu herói.

E para mim, ele é u melhor herói do mundo!

Alias a palavra pai e herói deveriam ser sinónimos, assim nem todos necessariamente seriam pai, por que nem todo pai é herói, mas deveria ser.

Bom o caso é que meu pai é um herói.

Eu não sei bem que papel ele quis fazer na sua peça, no seu palco da vida, mas, eu o vejo assim, um imenso, e maravilhoso e lindo herói.

TE AMO PAI, MEU HERÓI...ONDE QUER QUE VOCÊ ESTEJA, REPRESENTANDO QUALQUER PAPEL...PARA MIM VOCÊ SEMPRE SERÁ MEU HERÓI...SEMPRE COM FINAL FELIZ!

sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Ehhhhhhhhh São Paulo!


Caralho gente..
Hoje me muni de toda a paciência de Buda, de Deus e de Oxalá, e fui com toda força de vontade e fé pra Sampa.
Sim, sei que escolhi o melhor dia do universo pra ir... A greve do Metro estava mesmo na minha lista, era justamente pra testar minha paciência, e ver se realmente eu tenho poderes extraterrenos....
Passei com louvor no quesito habilidades no transito (afinal estas habilidades têm de ser testadas nesta cidade onde só tem louco dirigindo, não vale testar suas habilidades em cidades pacatas...não tem os níveis necessários de obstáculos).
Para testar suas habilidades no transito são necessários vários caminhões te fechando, ou mesmo , entrando na sua frente na estrada a 80 km/h, enquanto você esta a 130 km/h...o legal é saber se alem de você , o seu carro também está em boas condições...afinal todo super..hum...super alguma coisa, tem que ter um super mega blaster carro.
Depois vocês também iram precisar de outros motoristas barbeiros...geralmente eles estão com muita pressa, a pressa é lema dos paulistinhas...eles adoram andar com pressa...tem pressa pra almoçar, pressa para trabalhar, pressa pra namorar...bom de toda forma o mais legal esta por vir, os moto boys.
Os moto boys merecem um parágrafo só para eles, não posso me esquecer de agradecê-los por serem tão convincentes no meu teste, realmente não há nada pior que motoqueiros na cidade de São Paulo. Quando você menos espera está cercada deles, por todos os lados a única coisa que se vê são eles passando como doidos, tirando uma fina do seu carro maravilhoso.
Mas não posso deixar de dizer, de modo algum posso menosprezar, o que seria de mim se eu não falasse aqui da maravilhosa falta de sinalização.
Eu não sei se acontece com vocês mais o bacana em Sampa, é que as ruas não têm lógica, você pensa que uma rua sobe , bom a outra então desce certo? Errado!!!!! Ela não desce! E tem mais, além de não descer, não tem retorno também. É realmente maravilhoso andar em Sampa.
Mas enfim...por que fui hoje a Sampa???? Alguém arrisca um palpite?
Fui levar minha hermana para ver uma cazinha para alugar. Coisa de outro mundo gente, a casa era enorme, linda de morrer mesmo, acho que tinha uns 0m² x 0m², coisa de loco, e o valor..um este ta bom...R$450.00 reais, e se você peidar seu vizinho ouve, super legal. O outro era ainda melhor, tinha um ar bem aconchegante, uns moveis lindos, do tempo do nosso tatatatata...tata o que mesmo..ah tataravô, deveria ter 1m²x0m², me digam quanto vocês pagariam nesta kitnet, não precisa nem fechar a porta para ir ao banheiro...ate por que não da mesmo pra fecha...só pela bagatela de R$680.00 reais. Um luxo!!!!
Enfim, depois de passear por Sampa, depois de horas afio, em um pequeno momento de descontrole dei uma surtadinha, só uns gritinhos não foi nada demais, mas não abalou muito meu teste de paciência, isso aconteceu depois de 7 horas dirigindo em Sampa, e eu ainda nem tinha começado a minha viagem de volta pra Indaiatuba.
Passei na Av. Sumaré, depois Consolação, e depois claro nossa eterna Paulista.
Ah! Esqueci de um detalhe, tudo isso com uma criança de 3 anos dentro do carro....
A verdade e que amo Sampa, tem tudo que nos precisamos em termos de cultura, lazer, gastronomia...
Mas quando peguei a Bandeirantes...com transito claro, e isso já às nove e meia da noite, quando peguei a estrada senti que realmente estava indo pra minha casa.
Podem dizer o que for do interior, sempre fui urbaninha, nunca imaginei que eu iria dizer isso, mas a tranqüilidade deste lugar...não tem palavras para descrever, ou dinheiro que pague.
Agora minha hermana vai trilhar seus caminhos ai nesta cidade, mais às vezes fico imaginando, será que vale a pena, será que largar este conforto, esta casa linda, nossa "Mansão Vinagre", nossa família, nossa vida,será que realmente vale a pena? Espero que sim, com toda a minha fé,paciência de Buda ,de Deus e de Oxalá...

quarta-feira, 1 de agosto de 2007

AllStar - It´s All


Ok... em uma tremenda enrascada.

Pois é...eu como muitas pessoas no mundo amamos Allstar...porém o meu allstar de coração não existe mais no mercado.

Na minha humilde opinião não existe nada mais descolado que um allstar. Sim descolado, por que apesar de me sentir uma eterna jovem...eu sou do tempo em que se falava descolada, ou avião...faço até parte de uma comunidade no orkut que chama-se "Eu Falo Gírias Idosas".

Voltando sobre o allstar...meu coraçãozinho está partido, simplesmente não se pode colocar algo no mercado e tira-lo assim....poderia usar muitas décadas de allstar...eles não sabem como sou uma cliente em potencial...

O meu allstar preferido é um antigo que tem solado duplo e fivelas que fecham do lado, coisa mais linda! Meu ultimo, foi contra a minha vontade, jogado no lixo.

Agora, tenho uma difícil missão, tentar encontra-lo nesta imensa São Paulo, mas até minha irmã, que mora em Sampa, disse que não consegue encontrar. Por isso meus amigos espero de coração, que se vc´s verem um por ai...me avisem.

Meus pobres pés estão implorando por esta caridade.

Quem tem estilo sabe quanto é importante se ter um parzinho desta querida marca, não importa se é básico, ou este novos cheios de trenzinhos enfeitando, se é allstar, é tudo de bom (menos aqueles que tem salto...são horríveis).

Eu tenho um lema em minha vida, que alias eu mesma criei, na verdade copiei e adaptei neh...rsrsr "Estilo é tudo, beleza não é nada" .

A beleza amigos, um dia acaba...mas se você tem estilo...ah....se você tem estilo...você tem tudo!

E VIVA A DIVERSIDADE!