sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Diz para ele : Você é meu!



Ontem fui a uma baladinha aqui em Indaiatuba.
Conheci dois carinhas muito bacanas de Itu, minha prima acabou ficando com um deles....Bom pra ela, pois ele era gatinho...mais estávamos na mesa, eu , minhas duas primas e estes dois rapazes...o que passa na cabeça das pessoas???? Claro alguém vai sobrar.
O engraçado é que, não necessariamente alguém tem de ficar com alguém....Bom, minha prima que estava "sobrando" tava de mau humor danado...digo que ela tava sobrando por que quem é que iria se atrever a paquerar ela ,quem se atrevesse teria de enfrentar olhares de fúria e um bico quilométrico, mais isto não quer dizer que eu não estava também "sobrando".
Fato: Este rapaz que estava na mesa comigo nem me dava moral, mais acho eu que ele nem precisava, pois eu estava me divertindo muito à custa deles dois, pois ambos eram hilários.
Quase no final da noite, o seu amigo vira pra mim e solta a bendita frase:
-Vai lá e fica com ele;
Diz pra ele : Você é meu, ele não vai te recusar!
Caralhooooooooooooooooooooooo!!!!
Dez segundos mais tarde, depois de eu me recompor pude responder que eu era uma mulher do tipo "velha", que gosta das coisas as antigas... Tipo, o cara chega às meninas... Outra frase do lindo:
-Mais hoje as mulheres são modernas, tem que fazer assim, não tem nada demais.
Bom eu concordo que não há nada demais mesmo, mas este não é meu gênero.
Nós mulheres estamos tão modernas, tão modernas, que ás vezes acho que ficamos perdidas.
Eu já fiz o tipo, vou lá e que se lasque, não vejo mal nisso, mas às vezes é bom ver o rapaz chegar pra conversar com você, eu to meio cansada de fazer o papel de mulher moderna.
Se de fato se o rapaz quisesse ficar com esta que os escreve, concerteza ele teria chego a mim... Afinal estávamos a alguns centímetros de distancia.
Realmente ele era um rapaz muito bonito, destes que a gente fica babando, mais, quer saber? Eu não quero servir de consolo pra quem ta terminando a noite sozinho, e além do mais, talvez eu forçasse uma barra.
Eu, Fernanda, tenho tantas qualidades boas, e não acho justo de maneira nenhuma virar ultima opção.
Quantas vezes eu já me recusei a fazer isto, e tantas outras que viram, mas eu me valorizo como pessoa.
Eu não julgo se é certo ou errado para os outros, eu sei que não é certo para mim.
Talvez eu não tenha ganho na loteria da beleza, não sou tão afortunada, mais eu sou bonita, tenho meu estilo próprio, sou inteligente e carismática, sou companheira, amiga e engraçada, e sem falsa modéstia...eu me amo muito...não quero ter de terminar a noite beijando na boca sem nem ter o que conversar com a pessoa que eu to; Daqueles tipos que só beija por que não tem o que conversar...ai beija de novo.
Meninas, ser moderna é também se dar o valor...afinal não a nada mais antigo do que se desvalorizar, era isto que as mulheres antes faziam, se diminuíam perante o homem. De uma outra maneira acho que é isso que muitas de nós ao aceitar certas "certas coisas modernas" estamos fazendo.
Acho que não é por maldade que as pessoas fazem isto, é só para não terminar a noite só. Bom eu terminei a noite solteira, porem não sozinha.
Espero poder encontra os meninos de Itu muitas vezes ainda, mais do que beijos na boca, às vezes a diversão é melhor companheira.

Ps: Todas as vezes que eu quis ser uma mulher moderna demais...lasquei-me legal.
Já pedi um rapaz em namoro pelo MSN (recusada a proposta)
Já pedi um beijo na boca e fui recusada (again)
Já dei carona pra um cara (pois ele pediu) ele achou que eu ia pra cama com ele. (Meu Deus, o que as pessoas fizeram com a comunicação?)
QUE FIQUE BEM CLARO, SER MODERNA PRA MIM (EU, E EU E SOMENTE EU) NÃO DA CERTO, POREM PODE DAR CERTO COM OUTRAS MULHERES OK!

Um comentário:

  1. Concordo com vc! Adoro ser moderna e independente, mas não abro mão de um cavalheiro! Que me abram as portas, que me cortejem (na verdade, só o Fazinho...hehhe), que paguem a conta, que cheguem junto bem no começo da noite, que tragam flores em um dia qq...

    e que reconheçam que nós somos muito mais espertas q eles!

    ResponderExcluir